12 de fev de 2009

Cadeira de rodas anfíbia leva portadores de deficiência ao mar do Leblon

A caminho do mar do Leblon, no Posto 11, a esteira de bambu instalada em abril de 2008 pela Prefeitura do Rio tem agora novos “aliados” na busca pela inclusão de portadores de deficiência no lazer preferido dos cariocas. São cadeiras de rodas anfíbias e pranchas de surfe adaptadas levadas aos domingos para aquele pedaço da praia pelas ONGs Adaptsurf e Espaço Novo Ser. “É uma forma de todos terem acesso ao lazer na praia”, conta Nena Gonzalez, uma das coordenadoras do projeto “Praia acessível” e presidente da ONG Espaço Novo Ser.

A idéia do projeto é fazer com que a areia fofa e as ondas deixem de ser barreiras para os portadores de deficiência que querem curtir um dia de sol à beira-mar. A iniciativa foi conferida e aprovada pelo blog "Mão na roda", publicado no site do "Globo" na internet.

O projeto – que conta com estagiários e voluntários de educação física e fisioterapia - seguirá no Leblon durante todo o verão. O objetivo é atrair pessoas com dificuldades de locomoção – incluindo idosos – que passam por uma avaliação e são cadastradas.
“A nossa idéia é levar o projeto para outras praias, como Barra e Copacabana”, conta Nena.

Nenhum comentário: