31 de mar de 2009

Feira de carros adaptados tem miniguincho para cadeira de rodas

Na próxima quinta-feira (2), São Paulo recebe a oitava edição da Reatech - Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade. Com duração de quatro dias o evento traz, entre outras novidades, tecnologias voltadas à adaptação veicular para pessoas com mobilidade reduzida. Entre os lançamentos mais aguardados no Centro de Exposições Imigrantes está o “auto lift”, na Cavenaghi. Instalado no porta-malas do automóvel, o equipamento é composto por um guincho com base giratória e capacidade de levantar até 180 quilos – o peso aproximado de uma moto de pequeno porte. A tecnologia facilita a acomodação de cadeiras de rodas mais pesadas sem exigir esforço físico do acompanhante, já que é comandada por controle remoto.

Outra inovação da empresa é a melhoria do banco móvel apresentado no ano passado na mesma feira. Importado da Suécia, o equipamento, que pode ser usado ora como banco do automóvel, ora como cadeira de rodas, agora ganha uma versão motorizada. Para entrar ou sair do veículo, basta que o usuário tenha a cadeira encaixada na porta dele. A partir daí, o assento se desprende da base e desliza sobre uma esteira para dentro do carro.

Segundo Ricardo Rodrigues, supervisor de vendas especiais da Honda, o câmbio automático resolve o problema de 80% dos clientes que precisam de um carro adaptado. Outros 20% têm necessidade de freio manual e acelerador invertido. Neste caso, as adaptações custam entre R$ 500 e R$ 1.500.

Nenhum comentário: