12 de ago de 2009

CADV promove campeonato de xadrez para deficientes visuais por meio da Lei de Incentivo ao Esporte

O Centro de Atendimento ao Deficientes Visuais do Acre (CADV), inciou aulas para os participantes com deficiência visual que estão inscritos para o Primeiro Campeonato de Xadrez e Dominó que ocorrerá no próximo mês para os “especiais” do centro e da comunidade local. As inscrições estão sendo feitas gratuitamente na sede do CADV.

O Campeonato é fruto da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, que aprovou o projeto de R$ 7 mil, que a Associação dos Deficientes Visuais apresentou, e que está garantindo o campeonato de Xadrez para os participantes de todos os núcleos da sociedade. As vagas são limitadas por modalidades, e pode participar qualquer pessoa com ou sem visão.

As pessoas com deficiência visual diferentes dos demais, no momento da locomoção adotam outra metodologia, e outros sensores para se guiarem. Para eles, o tato é dos maiores sensores de direção. Pesquisas já comprovaram que o jogo de xadrez desenvolve sensor lógico de direção, onde o movimento e raciocínio do jogo instrui o jogador para que lado deve seguir, ou jogar.

Segundo o presidente da Associação Héliton Nascimento, a proposta do projeto “Na Ponta dos Dedos”, tem objetivo de trazer para o Estado uma modalidade de esporte nova para o deficiente. As aulas vão dar suporte para os inciantes no xadrez e dominó, pois muitos não tem o domínio do jogo, principalmente com o xadrez. E conta que as peças são adaptadas especialmente para o jogador com deficiência visual, e o tabuleiro tem encaixes e alto relevo para que o jogador possa sentir na ponta dos dedos a diferença de cada peça.

Respeitar as diferenças é adotar a consciência que a necessidade de respeito ao outro, leva-se em conta a diversidade humana e a igualdade de direitos e de oportunidades, sejam elas educacionais, esportivas ou lazer. Respeitando o outro com sua diferença e exigindo para si o mesmo respeito.

Texto: Lane Valle

4 comentários:

Alexandre Vicentini disse...

Olá
Sou Prof Alexandre e leciono Xadrez numa escola Publica de SP.
Antes de mais nada parabéns pelo incentivo que estão promovendo.
Gostaria de saber se existe campeonatos assim aqui em São Paulo pois tenho uma aluna deficiente visual que toma aulas de xadrex numa escola publica, ela tem 10 anos e me cobra bastante em participar de algum torneio de Xadrez.
Obrigado
EMEF Madre Joana A. de Jesus
Tel: (11)2557-8088/(11)7444-7100

Nilsinho disse...

Olá
Também faço minhas as palavras do Prof Alexandre.
Preciso de fazer competições com alguns alunos com deficiencia visual aqui no interior do Rio de Janeiro.
Se puderem me ajudar.
Obrigado
Nilson Abrantes
nilsonabrantes@hotmail.com

Fabiana disse...

Olá, gostei mt do seu blog! Estou fazendo um trabalho que consiste em fazer um projeto social, e escolhi como tema o Incentivo do Esporte ao Deficiente.
Gostaria de saber se posso citar seu blog em meu projeto.
Obrigada, Fabiana

Anônimo disse...

Olá amigos.
Já comentei antes mas gostaria de saber de que lei de incentivo e que estado estão falando?
Nilson Abrantes