29 de out de 2009

São Paulo vai realizar seu 2º Seminário de Calçadas

São 30 mil quilômetros de calçadas na cidade de São Paulo, dos quais menos de 20% em boas condições de uso. Para discutir como modificar esse insólito panorama, que tanto prejudica os pedestres e mais ainda as pessoas com deficiências, será realizado em 6/11, na Câmara Municipal, o 2º Seminário Paulistano de Calçadas. Participam cidadãos, arquitetos, engenheiros, representantes do poder público e iniciativa privada.

Desde o 1º Seminário, em 2004, a cidade luta para promover a recuperação e padronização das vias de pedestres. O Programa Passeio Livre lançado em 2005, é uma dessas ações. Ele introduziu uma atualização na legislação e implementou algumas mudanças significativas.

“Retomar a discussão sobre as calçadas é estimular o diálogo para debater as perspectivas do Programa Passeio Livre com a expansão para outras cidades. Exemplos a serem seguidos em prol da mobilidade urbana, segurança e acessibilidade”, comenta Gilberto Natalini, proponente do Seminário.

O 2º Seminário Paulistano de Calçadas, patrocinado pela Associação Brasileira de Cimento Portland-ABCP, tem como objetivos promover a retrospectiva do Programa Passeio Livre e mostrar a importância de promover a acessibilidade e os benefícios que ela trás à vida dos pedestres e das pessoas com necessidades especiais.

Programação completa

Serviço
2º Seminário Paulistano de Calçadas
Data – 6 de novembro de 2009
Local – Câmara Municipal de São Paulo
Horário - 13h30 às 19h00

Inscrições gratuitas –
www.natalini.com.br
Fone – 11 3396 4405
Fonte: Viva o Centro
Imagem: Rafael Martinss

Nenhum comentário: