26 de fev de 2010

Acessibilidade apresenta novos equipamentos de auxílio à leitura

Foi realizada nesta segunda-feira (22), na Assessoria da Diretoria Geral, reunião promovida pela Comissão de Acessibilidade do TRT-SP com o objetivo de apresentar aos servidores interessados equipamentos capazes de facilitar o trabalho de pessoas com baixa visão ou limitação visual significativa. Além da apresentação destes recursos, o encontro teve como objetivo a reunião dados para informar futuro pedido de compra conjunta destes equipamentos pelo Tribunal.

Entre os recursos de tecnologia assistida apresentados estavam lupas eletrônicas, fixas e portáteis, lupas ópticas (não eletrônicas) com ampliação maior do que o de costume, além de ampliadores de tela e leitores com áudio para o computador. O Servidor Luiz Felipe Furtado Fernandes, da 61ª VT, que sofre de uma doença degenerativa da retina, com perda de parte do campo visual central, era um dos presentes na reunião, manifestando interesse especial pela lupa eletrônica apresentada. “A lupa portátil vai agilizar meu serviço quando precisar atender ao balcão na Vara. Não vou precisar mais levar o processo até minha mesa, onde já tenho uma lupa fixa instalada”, observa Luiz Felipe.

A Servidora Daniela Kovács, integrante da Comissão, comemora o resultado do encontro, observando que “mesmo que os servidores não julguem que necessitem desses recursos em um primeiro momento, foi importante este contato, pois conheceram os recursos hoje disponíveis e tiveram ciência de como funcionam, caso julguem que precisem deles posteriormente”.

Todos os servidores presentes na reunião tiveram oportunidade de conhecer e testar os equipamentos expostos e terão até o dia 5 de março para manifestarem interesse formal na utilização de algum destes. E mesmo aqueles que não estiveram presentes, mas entendam que possam ser beneficiados pelos recursos de tecnologia assistida apresentados, podem entrar em contado com a Comissão até a mesma data, através do e.mail: acessibilidade@trt02.gov.br.

A Comissão de Acessibilidade foi criada em dezembro de 2007 e tem como um de seus objetivos trabalhar em prol da inclusão plena dos servidores portadores de necessidades especiais nas rotinas do TRT-SP. “A meta é a de prover a todos os servidores condições plenas de trabalho, de forma que contribuam com o melhor de suas capacidades para os objetivos do Tribunal e não se sintam discriminados no ambiente de trabalho”, observa a Juíza Maria Eulália de Souza Pires, uma das integrantes da Comissão presentes no encontro.

Nenhum comentário: